Suécia: imigrante africano tortura casal com violência durante horas

Pa Demba Nyassi, imigrante africano, sequestrou o jovem casal Erik e Farsta e incutiu tortura gratuita e de extrema violência no corpo do rapaz durante horas com barras de metal e facões, obrigando a namorada, que violou, a assistir a tudo.
Suécia: imigrante africano tortura casal com violência durante horas
O casal partilhou a história num canal de notícias alternativo sueco denominado Samnytt e o que contam é verdadeiramente assustador.

Tudo começou após Erik confrontar o imigrante Nyassi do abuso sexual sobre a sua namorada Farsta. Erik foi esfaqueado no torso, viu o seu pulmão ser perfurado e foi arrastado por Nyassi para a casa de banho. Tirou-lhe as roupas e cortou-o com láminas; queimou o corpo do rapaz com cigarros enquanto o agredia violentamente com uma barra de metal. Rapou ainda o cabelo de todo o corpo de Erik e derramou produtos de limpeza domésticas nas feridas em aberto.

O imigrante africano forçou Farsta a ver toda a brutalidade de violência impingida no seu namorado e ameaçou cortar-lhe o "nariz judeu" caso ela não prometesse calar a boca sobre a violação sexual.

Quando o casal conseguiu fugir do apartamento, Erik foi hospitalizado em risco de vida severo, com crânio fraturado, hemorragia cerebral; estrutura facial quebrada; pulmão perfurado e lesões nos joelhos. O médico que tratou de Erik disse em tribunal que a sobrevivência do mesmo era um milagre.

Vídeo da entrevista (em sueco): https://vimeo.com/377593328
Fotos da tortura (NSFW): https://samnytt.se/hitlerdyrkande-islamist-torterade-tillfangataget-par-med-svard-tvingades-dra-tillbaka-valdtaktsanmalan/