O politicamente correcto tornou-se fatal em Itália

A cidade de Florença em Itália incentivou os Italianos a abraçar um chinês antes da pandemia do Corona Vírus no país. Tal comportamente pretendia provar que os italianos não eram racistas.
O politicamente correcto tornou-se fatal em Itália
Para além do propósito ser no mínimo estúpido também ajudou a propagar o vírus. Enquanto abraçavam chineses, vindos sabe-se lá de onde, para efeitos de politicamente correcto, acabaram por se infectar...e mais tarde por fazerem parte da quarentena inicial no país.

Quando os primeiros casos do vírus estavam a ser identificados no páis, o político Nardella lançou uma campnha de hashtag anti-racismo que se traduzia em "abrace um chinês".

E livrai-nos do politicamente correcto, Amén!