Mulher muçulmana grita e é homofóbica com uma pessoa por ter uma faixa de apoio LGBT

O caso aconteceu em Londres e num vídeo difundido nas redes sociais é possível ver uma mulher muçulmana de burka a atacar um homem que tem uma faixa de arco-íris, faixa essa conhecida mundialmente pelo apoio à comunidade LGBT.
Mulher muçulmana grita e é homofóbica com uma pessoa por ter uma faixa de apoio LGBT
Como se trata de uma muçulmana o caso não é notícia mundial, nacional nem sequer regional. Troquem a mulher muçulmana por um homem branco e o caso percorria mundos. Os patéticos jornalistas venderiam uma vez mais aos ineptos a ideia de que o mal deste mundo são os homens brancos.

O mais giro disto tudo é que os participantes deste movimento de orgulho gay também estavam a lutar simultaneamente pelo movimento islamafobia. Isto é tão patético que chega a ser cómico.

No vídeo é possível ver a mulher exaltada e a gritar:

Shame on you, you despicable people. Shame on you, you shameless people. God created Adam and Eve, not Adam and Steve