Jeffrey Epstein suicidou-se numa cela que estava com vigilância federal para evitar suicídios

Jeffrey foi encontrado morto na sua cela apesar de estar sobre "suicidal watch" termo comum utilizado para quem se encontra sobre vigilância extrema para prevenir....suicídios. Não foi um suicídio, foi alguém que o quis calar.
Jeffrey Epstein suicidou-se numa cela que estava com vigilância federal para evitar suicídios
Noticiado aqui no AcordaPortugal sobre o caso Jeffrey Epstein: muitas pessoas querem-no morto porque é um pedófilo com muitas amizades políticas e após uma primeira tentativa de "suicídio" heis que esta última correu como esperado.

A primeira pergunta que vem à cabeça é: como é que alguém que está sobre vigilância constante para evitar suicídio, comete um suicídio?
E a primeira resposta que vem à cabeça é: não comete. Por haverem demasiados laços de ligação à família Clinton (em especial Bill Clinton) é fácil perceber que Jeffrey tinha demasiados segredos que podiam causar muito mal aos Clintons. É factual e real que Jeffrey podia incriminar algumas das pessoas mais ricas e poderosas do nosso planeta.

E é curioso que Jeffrey suicidou-se na mesma noite em que os arquivos da pedofilia dos ricos foram abertos, mas quem e só quem poderia confirmar tais acusações e confirmar o veredito? O bilionário que agora se encontra morto.