Resta-nos assistir.. Outubro 05, 2020

Após mais de 500 posts e quase 2 anos de actividade, AcordaPortugal.pt chega ao fim.

A degradação da sociedade como um todo, bem como a degradação dos valores e cultura intrínsecos a cada país vai continuar e será cada vez mais perceptível; a corrupção política continuará impune; a propaganda de conteúdo sem objectivo de informar mas de formatar adultos, jovens e crianças acentuar-se-à com a conivência de partidos e comunicação social.

The point of modern propaganda isn't only to misinform or push an agenda. It is to exhaust your critical thinking, to annihilate truth.

Agradecer a quem por aqui passou. Resta-nos assistir à degradação, mas não fim, da sociedade, o que é ainda mais penoso.

O site manter-se-à activo até finais de Dezembro

Itália: imigrante abusa sexualmente de mulher em centro de refugiados

Uma mulher foi violada no centro de refugiados em Palermo por um imigrante Nigeriano. A mulher era a chefe das instalações e os abusos verbais já aconteciam à algum tempo.
Itália: imigrante abusa sexualmente de mulher em centro de refugiados
Omnolodion é o nome do refugiado Nigeriano que que durante a sua estadia no centro de refugiados proferiu abusos verbais a todos os funcionários e em particular à chefe das instalações. Em tribunal, a mulher abusada sexualmente, disse que o caso começou a ficar pior quando o homem lhe disse que a queria. Diversas vezes Omnolodion apareceu por trás da mulher e tocava-lhe nas partes intimas. Numa outra ocasião, quando esta tentava entrar para a sua viatura pessoal, estrangulou-a.

Derivado da recusa da mulher nas pretenções sexuais de Omnolodion, este começou a ficar cada vez mais agressivo. Um dia ela acompanhou o homem a um exame médico por causa de uns problemas respiratórios, mas o objectivo do homem estava bem definido, concluir os abusos sexuais que há tanto tempo vinha demonstrando. Ao tentar sair da viatura, a mulher foi ameaçada com uma faca e obrigada a ter relações sexuais com o homem.

Após a violação o homem fugiu e a polícia ainda não o encontrou.