Imigrantes banidos de visitar escolas e creches após vários casos de violação

Na Finlândia, o município Oulu anunciou que os imigrantes não podem mais visitar escolas e creches após terem ocorrido inúmeros casos de violação de crianças abaixo dos 15 anos. Os pais acabaram por se queixar e só assim foram tomadas medidas.
Imigrantes banidos de visitar escolas e creches após vários casos de violação
Existe um projecto chamado ESIKOTO, que é um experimento de integração onde os imigrantes visitam escolas e creches para aprender mais sobre a sociedade Finlandesa, através de aulas e grupos de estudo. O objectivo deste projecto é promover o multiculturalismo.

Acontece que vários casos de violação infantil tem sido reportados pelos pais e estes pediram o encerramento do projecto, levando a polícia Finlandesa a investigar pelo menos dez imigrantes por crimes sexuais contra meninas até 10 anos.