Grupo de muçulmanos atira foguetes contra edifício da polícia enquanto gritam "Allahu Akbar"

No norte de França, um posto de polícia foi atacado por um grupo de 15 jovens muçulmanos encapuzados que lançaram projéteis e fogo de artifício enquanto gritavam a bela frase "Allahu Akbar".
Grupo de muçulmanos atira foguetes contra edifício da polícia enquanto gritam "Allahu Akbar"
O ataque aconteceu no posto de polícia Val-De-Reuil-Louviers quando os 15 muçulmanos encapuzados gritavam obscenidades, atiravam projéteis e tentaram entrar no edifício da polícia.
As câmeras CCTV gravaram a ocorrência e apesar de ainda não terem sido divulgadas, o relatório da polícia aponta para a necessidade de dois polícias em serviço se defenderem com escudos anti-motim contra o ataque contínuo.

O problema durou 30 minutos e a polícia foi obrigada a usar gás lacrimogêneo e a chamar a Brigada Anti-Crime para fazer dispersar os atacantes. O relatório aponta ainda que foram atirados mais de 115 projécteis de diferentes tipos e que para além do grito "Allahu Akbar" os muçulmanos também insultaram os polícias com frases como "Franceses de merda" e pediram inclusive que os polícias saíssem do edifício para os queimar.