Resta-nos assistir.. Outubro 05, 2020

Após mais de 500 posts e quase 2 anos de actividade, AcordaPortugal.pt chega ao fim.

A degradação da sociedade como um todo, bem como a degradação dos valores e cultura intrínsecos a cada país vai continuar e será cada vez mais perceptível; a corrupção política continuará impune; a propaganda de conteúdo sem objectivo de informar mas de formatar adultos, jovens e crianças acentuar-se-à com a conivência de partidos e comunicação social.

The point of modern propaganda isn't only to misinform or push an agenda. It is to exhaust your critical thinking, to annihilate truth.

Agradecer a quem por aqui passou. Resta-nos assistir à degradação, mas não fim, da sociedade, o que é ainda mais penoso.

O site manter-se-à activo até finais de Dezembro

Ex-muçulmana avisa Suécia de que em 50 anos a população muçulmana vai tomar conta do país

Mona Walter é originária da Somália e foi para a Suécia nos anos 90 e tem publicamente alertado todos os Suecos para as intenções dos muçulmanos a curto, médio e a longo prazo caso não sejam travados. A experiência de Mona abre-nos os olhos para o que aí vem.
Ex-muçulmana avisa Suécia de que em 50 anos a população muçulmana vai tomar conta do país
Mona nunca foi religiosa e enquanto vivia na Somália não era obrigada a ir a uma mesquita nem a usar véu..mas ultimamente na Suécia tem sido forçada a ambas as práticas. Mona deixou o islão e tornou-se ateia. Mais tarde passou a acreditar em Jesus e converteu-se ao cristianismo.

A experiência e relatos de Mona nas suas palavras é aterrador sobre o futuro que se avizinha na Suécia, cito: "Por muitos anos tentei com que os suecos entendessem qual o objectivo dos muçulmanos: assumir o seu país. A primeira coisa que eles vão fazer é exigir tribunais de lei islâmica, como fizeram no Reino Unido.".

Mona prossegue e diz: "Os suecos estão convencidos de que as leis suecas serão sempre aplicadas no seu país, mas perguntem a qualquer inglês se há 30 anos teria acreditado que no Reino Unido existiriam tribunais legais de lei islâmica em 2019..".

Infelizmente e para não variar, os media suecos não querem dar voz a Mona Walter, considerando-a polémica e contra o pensamento de rebanho que tanto forçam que os suecos tenham.

A Suécia tem actualmente quase 1 milhão de muçulmanos (!!!) e muitos já se infiltraram em partidos políticos para promover os seus próprios interesses, em breve haverá um partido muçulmano na Suécia. Na Bélgica por exemplo já existe um e muito bem sucedido e o objectivo final deles é ter um estado 100% islâmico. Para Mona Walter a Bélgica terá maioria muçulmana em apenas 12 anos.

Como nota final Mona diz: "A única solução para a Suécia é iniciar uma repatriação em massa de pessoas que não aceitam e não se adaptam às leis da Suécia e que não querem fazer parte da cultura Sueca. Se isso não for feito, o islão será assumido em 50 anos e em 100 anos a demografia é muito clara: game over.".