Escola muçulmana na Holanda está a doutrinar as crianças para virarem as costas à lei Holandesa

Numa investigação conjunta entre Niewsuur e o jornal NRC acabou por revelar que as crianças que frequentam escolas muçulmanas fundamentalistas estão a ser ensinadas a estimar e respeitar a lei Sharia e a ignorar por completo a lei Holandesa.
Escola muçulmana na Holanda está a doutrinar as crianças para virarem as costas à lei Holandesa
Os jornalistas dos referidos jornais apresentaram-se como pais de alunos de forma a infiltrarem-se nas escolas mesquitas na Holanda e recolheram material didático, em formato de áudio e vídeo, em que é visível a glorificação por parte dos professores no que toca aos temas da homossexualidade e inimigos da religião islâmica.

As escolas pediram às crianças que respondessem a perguntas de, por exemplo, qual seria a adequada resposta para determinados crimes, nomeadamente a homossexualidade, e as respostas contemplavam apredrejamento; decapitação por espada e chicotada.

O objectivo final é doutrinar as crinças e jovens a seguir a religião macabra islâmica e a ignorar a lei Holandesa, criando assim uma influência exponencial no número de pessoas que apoiam o salafismo.

Os contribuintes Holandeses podem agradecer aos seus líderes e à Europa.