Criança de 8 anos morre após ter sido empurrada para a frente de um comboio por um imigrante africano

Um menino de 8 anos e a sua mãe foram empurrados para a frente de um comboio a alta velocidade em Frankfurt, Alemanha. Ambos foram empurrados por um homem imigrante africano que foi notícia por ter feito campanha pela promoção da integração.
Criança de 8 anos morre após ter sido empurrada para a frente de um comboio por um imigrante africano
A mãe conseguiu-se salvar ao rodar para um espaço estreito entre as linhas de comboio mas acabou por perder o filho que foi atingido de forma fatal pelo comboio que se aproximava.

O homem, de 40 anos e natural da Eritreia, tentou ainda empurrar uma terceira vítima para fora da plataforma mas sem sucesso. O incidente podia ter sido ainda mais trágico pois na altura a estação estava cheia de crianças.

O imigrante africano acabou por ser preso perto da estação e não havia relação entre ele e as vítimas. Várias testemunhas assistiram ao ataque, correram atrás do homem em fuga e acabaram por ajudar a polícia. Foi necessário um grande aparato policial, bombeiros e ambulâncias pois várias das testemunhas precisaram de tratamento médico após terem visto a morte da criança.

O facto do homem ter feito campanha pela promoção do multiculturalismo e ter sido ele o autor do violento crime é um pormenor delicioso.