Casal homossexual hospitalizado após serem agredidos por um grupo de 20 homens

O incidente ocorreu em Lyon, França e as vítimas tiveram de ser hospitalizadas após serem agredidas por um grupo de 20 homens com barras de ferro. Tratou-se claramente de um ataque homofóbico, que já começa a ser comum na França.
Casal homossexual hospitalizado após serem agredidos por um grupo de 20 homens
Por volta da 1h da manhã, os dois homens foram confrontados por um grupo de 20 pessoas que começaram por insultar e depois partiram para a agressão, obrigando o casal a fugir e a refugiar-se num edifício onde telefonaram à polícia.

Após a chegada da polícia, também os agentes foram agredidos por uma dúzia de homens que decidiram não fugir do local, com barras de ferro. Pelo menos um veículo da polícia foi danificado.

O casal foi transportado para o hospistal e NENHUMA detenção foi efectuada. Provavelmente os polícias tinham medo de serem chamados de racistas e de serem despedidos.

Este ano a França já viveu vários incidentes de homofobia por parte de muçulmanos com um Tunisino de 21 anos a ser preso após ter esfaqueado um homem homossexual até à morte; dois jovens utilizavam a app Grindr para atrair homens e depois os agredir; dois muçulmanos radicais foram presos por planearam atacar homossexuais utilizando também a app Grindr.