As festividades do novo ano na Bélgica e França que não foram reportadas...sem surpresas

Em Bruxelas e Paris, diversos vídeos começam agora a surgir onde mostram mais de 30 carros a arder; edifícios e bens públicos vandalizados bem como uma soma de mais de 200 pessoas presas por desacatos.
As festividades do novo ano na Bélgica e França que não foram reportadas...sem surpresas
Diversas zonas de Paris consideradas "no-go zones" por albergarem milhares, se não milhões, de imigrantes foram alvo de brutal vandalismo na passagem de ano de 2019 para 2020. Em Bruxelas o mesmo se sucedeu.

Cobertura dos mídia? Zero.